Celebrities

Vendido por R$ 11 mil, vinho rosé mais caro do mundo é de Pitt e Jolie

Astros de Hollywood não estão mais juntos, mas vinícola que pertence aos dois produz o Muse de Miraval, arrematado por 2,6 mil euros em um leilão
Brad Pitt e Angelina Jolie não são um casal desde 2016, mas continuam gerando lucros. Um vinho rosé produzido numa vinícola que pertence aos dois atores acaba de tornar o mais caro do mundo, segundo o jornal francês Nice-Matin.

Uma garrafa magnum (de 1,5 litro) do vinho rosé Muse de Miraval foi arrematada por 2.600 euros (cerca de R$ 11,2 mil) em um leilão beneficente para a Fundação GoodPlanet, do fotógrafo e ambientalista francês Yann Arthus-Bertrand.

Pitt e Jolie compraram em 2011, por R$ 35 milhões, o Castelo Miraval, onde fica a vinícola, e são donos de 50% da Miraval Provence , empresa que produziu o vinho. Em 2012, a respeitada revista americana “Wine Spectator” classificou o rosé deles como um dos cem melhores vinhos do ano. Somente duas mil garrafas do Muse de Miraval foram produzidas no ano passado.

Na época do divórcio, chegou-se a especular que o casal venderia a propriedade, o que foi negado por Charles Perrin, sócio deles na vinícola que fabrica o vinho rosé de R$ 11 mil. Segundo ele, Pitt e Jolie veem o negócio, que produz também azeites finos, como um investimento para os filhos